Orientações sobre Coletas

Estas coletas devem acontecer no mesmo dia. Se for solicitado o exame de pós prandial, o paciente deve realizar primeiro a coleta em jejum e comparecer exatamente 2 horas após as refeições para colher nova amostra (almoçar ou lanchar normalmente, seguindo orientação médica). Após o almoço ou lanche, o paciente deve se manter em jejum até 2 horas e chegar ao laboratório 10 minutos antes da coleta. Critério que deve ser seguido rigorosamente


Desprezar a primeira urina da manhã e marcar a hora. Daí em diante, colher todas as micções em frasco apropriado fornecido pelo Laboratório Biomédic, durante o dia e a noite, inclusive a primeira da manhã do dia seguinte. Todo volume recolhido deve ser conservado em geladeira e entregue ao laboratório ao final da última coleta. Identificar o recipiente com nome completo, peso e altura do paciente. Entregar no Laboratório de segunda à sexta-feira.


Não fazer uso de creme/óvulo vaginal nas 24 horas que antecedem o exame Fazer a higiene da região genital com água e sabão, sem usar anti-sépticos e colher a primeira urina da manhã, fora deste horário, ficar pelo menos 2 a 3 horas sem urinar, antes da coleta. Desprezar o primeiro jato de urina e colher o segundo jato (jato médio) em recipiente próprio (kit) fornecido pelo laboratório, colher no copo descartável e imediatamente transferir para o tubo até preencher o mesmo. Levar o tubo ao laboratório até 1 hora após a coleta. Para casos urgentes seguir orientação médica.


O paciente deve ficar em total abstinência sexual por 3 a 5 dias antes do exame (sem relações, nem masturbações). Antes da coleta urinar e lavar as mãos e o pênis com sabonete neutro e enxugá-los com toalha limpa.
O esperma deve ser colhido através de automasturbação. Não é permitido o uso de camisinha. Ao retirar a tampa do coletor, colocá-la sobre uma superfície limpa com a parte interna virada para cima. Todo o sêmen deve ser coletado.
Após a coleta, deve-se fechar bem o recipiente e anotar a hora exata em que terminou. Ao término da coleta, avisar aos técnicos na hora do término.



As mulheres devem lavar bem a região genital e anal com água e sabão pelo menos 3 vezes e enxaguar com água abundante no sentido da região vaginal para a anal. Não realizar movimentos para frente e para trás e secar com gaze ou toalha limpa.

Os homens também devem lavar a região genital e secar com gaze ou toalha limpa. Recomenda-se que a coleta seja feita logo pela manhã, ao se levantar. Fora deste horário, ficar pelo menos 2 a 3 horas sem urinar, antes da coleta. Deve-se desprezar o primeiro jato da urina e coletar o jato médio em recipiente apropriado.

O volume deve corresponder a dois dedos de altura. Não se devem utilizar vidros esterilizados em casa. A amostra deve ser enviada ao laboratório o mais rápido possível. Caso haja demora, pode ser guardada na geladeira até o momento de saída. O material deve ser entregue no prazo máximo de 1 hora.

Preferencialmente, a coleta deve ser feita até 9 horas da manhã. Aguardar 30 minutos em repouso no laboratório antes da coleta, caso o paciente tenha feito atividade física. Este exame não deve ser feito após mamografia. O paciente não deve fazer esforço físico e nem ter relações sexuais durante as 24 horas que antecedem a coleta.


Defecar em local limpo e seco; usar recipiente fornecido pelo Laboratório. Pode ser colhida qualquer evacuação do dia. Retirar pequenas porções de vários locais; se houver eliminação de muco, pus ou sangue, colocar amostras que os contenham. Caso a coleta tenha sido à noite, guardar o material em local fresco, não refrigerar. As mulheres devem evitar colher as fezes no período menstrual. Em caso de criança com pouca fezes, colher as fezes da fralda logo após a evacuação. Não usar laxante. Se tiver prisão de ventre, usar supositório de glicerina. Se houver eliminação de outro material (por ex. vermes ou parte destes), deve ser colocado em outro recipiente limpo.


A coleta deve ser feita preferencialmente pela manhã, antes da ingestão de alimentos sólidos ou líquidos. Deve-se colher o escarro, não a saliva. Inspirar profundamente e tossir procurando expectorar a quantidade máxima de secreção das vias aéreas baixas. Colher o escarro, através da tosse, de modo que o material venha “do peito” e não da garganta, diretamente em frasco estéril fornecido pelo laboratório. Tampá-lo imediatamente. Para pessoas com expectoração escassa, recomenda-se o aumento de ingestão líquida no dia anterior ao exame. O material deve ser entregue ao laboratório em até 2 horas.


Couro cabeludo e pelos: A coleta do material só poderá ser realizada antes do uso de qualquer medicamento oral ou tópico. Não usar creme nos cabelos pelo menos um dia antes do exame.

Pele: Recomenda-se que não se coloque medicamentos ou qualquer tipo de creme nas lesões. Se o paciente estiver em uso de medicamentos, a coleta só poderá ser efetuada após uma semana sem eles. Nas lesões do pé, o paciente deve usar meias e sapatos antes da coleta do material.

Unhas: Devem estar limpas e sem esmaltes. Não usar cremes nas mãos ou nos pés nos dias anteriores ao da coleta.


A coleta deverá ser feita preferencialmente pela manhã, antes de escovar os dentes e de ingerir alimentos líquidos ou sólidos. Não fazer uso de antibióticos antes de realizar a coleta.


Colher toda urina de 24 horas em recipientes próprios fornecidos pelo Laboratório Biomédic, começando pela segunda urina do dia até a primeira do dia seguinte. A urina deve ser mantida na geladeira até ser entregue ao laboratório. Reservar um pouco da última urina e colocar em recipiente separado, caso haja necessidade de realizar exame de urina. O paciente deve levar a amostra em jejum até o laboratório e informar seu peso e altura.


Trazer amostras frescas de fezes, no mesmo dia de sua emissão. Não é necessário dieta. Não colher fezes caso haja sangramento local (câncer colo-retal e hemorroida). As mulheres não devem fazer este exame durante a menstruação.


Não ter ejaculado nas últimas 48 horas; não ter feito uso de supositório ou toque retal nos últimos 3 dias; não ter realizado ultrassom transretal nos últimos 7 dias; não ter realizado biópsia de próstata nos últimos 30 dias; não ter realizado colonoscopia ou retossigmoidoscopia nos últimos 15 dias; não ter feito exercício em bicicleta (ergométrica ou não) nos últimos 2 dias; não ter praticado equitação nos últimos 2 dias; não ter realizado estudo urodinâmico nos últimos 21 dias e não ter realizado cistoscopia nos últimos 5 dias.


Abstinência sexual de 3 dias. A paciente não deve estar menstruada. Não efetuar exame de toque. Não fazer assepsia prévia.


Em lactentes, em que não se consegue colher através do jato médio, pode- se usar o coletor de urina, porém, ele deve ser substituído a cada 60 minutos e a cada troca, refazer a antissepsia da região genital com água e sabão e não usar anti-sépticos. Nos meninos, retrair o prepúcio e lavar bem. Nas meninas, limpar sempre de cima para baixo, trocando a compressa sempre que voltar ao local onde iniciou a limpeza. Enxugar com toalha limpa ou gaze. COLETA: Retirar o papel que recobre a parte adesiva e fixar o orifício do saco coletor. Assim que a criança urinar no saco, deve-se fechá-lo colando as bordas do orifício e verificar se está bem vedado. A urina deve ser levada ao laboratório imediatamente.


Desprezar a primeira urina do dia e marcar o horário. Daí em diante, recolher todas as micções durante 12 horas. Toda urina recolhida deve ser conservada em geladeira e entregue ao laboratório após a última coleta. Identificar o recipiente com o nome completo, peso e altura do paciente. EXEMPLO: Coletar toda a urina sem exceção, à partir das 18:00horas, até primeira micção do dia seguinte as 6:00 horas da manhã e levar ao laboratório.


É recomendável que a coleta seja feita no laboratório. Não sendo possível, o paciente deve lavar as mãos e a região genital com água e sabão e não usar anti- sépticos. Enxugar com gaze ou toalha limpa. Colher o primeiro jato da primeira urina da manhã e desprezar o restante da micção. Tampar o recipiente imediatamente após a coleta. Levar o tubo ao Laboratório até 1 hora após a coleta. Para casos urgentes, seguir orientação médica.