Antígeno Carcinoembrionário - CEA

Exame
Sinônimo: Antígeno carcinoembriônico
Seção: Imunologia
Material: Soro
Volume: 2 ml
Método: Quimioluminescência
Rotina: Diária
Prazo de entrega: 3 dias

Jejum: Sim, 8 horas.

Observações: Fumo pode alterar o resultado do exame, elevando-o.

Interpretação: Usado no monitoramento de tratamento e recidiva de carcinoma coloretal; monitoramento de outros carcinomas de origem epitelial, como estômago, pâncreas e mama; avaliação de prognóstico. O CEA é uma glicoproteína oncofetal presente em tecidos embrionários e em alguns processos malignos de células epiteliais. Seus valores servem no monitoramento de recidiva de carcinoma de cólon após tratamento ou cirurgia. Valores que não retornam ao normal após cirurgia indicam ressecção incompleta. As concentrações séricas na ocasião do diagnóstico podem ser inversamente proporcionais ao prognóstico. Aumentos podem ser vistos em carcinoma de células gigantes da tireóide e em neuroblastoma. Valores extremamente elevados podem estar associados à metástase óssea e hepática. Doenças não malignas hepáticas podem induzir resultados elevados de CEA, assim como tabagismo, doença pulmonar crônica, pancreatite e insuficiência renal. O CEA não deve ser utilizado na qualidade de único teste diagnóstico, devido à sua relativa falta de especificidade.

Valores de Referência: Não fumantes: Homens : até 3,4 ng/ml
Mulheres: até 2,5 ng/ml
Fumantes : Homens : até 6,2 ng/ml
Mulheres: até 4,9 ng/ml